Flowchart

Modelo de Fluxograma

Diga adeus aos gargalos. Mapeie qualquer processo com facilidade com nosso modelo de fluxograma e visualize seu caminho para o sucesso.

Sobre o modelo de fluxograma

Os fluxogramas ajudam você e sua equipe a visualizar os processos e agilizar os fluxos de trabalho. Use este modelo para colocar todos na mesma página e permitir que eles também melhorem os fluxos de trabalho e metodologias existentes.

Continue lendo para saber mais sobre fluxogramas e como criar um.

O que é um fluxograma?

Um fluxograma é uma representação gráfica ou simbólica de um processo. Essa metodologia visual usa símbolos para representar cada etapa, responsáveis, ordem cronológica e mais. Muitos fluxogramas contêm breves descrições de cada etapa, com setas ligando-os entre si e indicando a direção do fluxo do processo.

Existem alguns formatos e símbolos que possuem um certo padrão em fluxogramas. Por exemplo, as formas ovais geralmente representam o início ou o fim de um processo, os retângulos representam um processo, os diamantes representam uma decisão e as setas indicam a ordem em que as etapas devem ocorrer.

Comece rapidamente com nosso modelo de fluxograma pronto, que já vem com formas e símbolos para que você possa editar e adicionar conteúdo como quiser.

Quando usar os fluxogramas?

Quando você está tentando organizar processos, pode ser útil visualizar cada etapa. Sua equipe pode criar fluxogramas para novos projetos ou refinar e melhorar o funcionamento dos processos existentes.

A maioria dos gerentes de projeto usa fluxogramas para manter as equipes alinhadas e ganhar clareza sobre os fluxos de trabalho e qualquer gargalo do projeto. Os desenvolvedores, por exemplo, podem usar fluxogramas para acompanhar os fluxos de dados e tomar decisões mais embasadas ao gerenciar sistemas.

Times de marketing e gerentes de negócios usam fluxogramas para mapear processos de campanhas ou para avaliar estratégias.

Benefícios de usar um fluxograma

Há muitas razões para fazer um fluxograma. Sua equipe pode ver rapidamente como vários componentes do processo se relacionam entre si. Os fluxogramas também podem revelar falhas e gargalos, o que acaba ajudando sua equipe a resolver problemas e melhorar seus produtos. 

Outro benefício de utilizar um fluxograma ao gerenciar processos é ganhar mais clareza e melhorar a comunicação em toda a sua organização. Como o fluxograma é um dos diagramas mais fáceis de ler e é amplamente conhecido em muitos setores, muitos profissionais o utilizam como uma prática padrão para gerenciar fluxos de processos e projetos entre diferentes áreas da empresa.

Nosso modelo de fluxograma editável também permite que você aprimore rapidamente online à medida que seu processo muda, permitindo que todos em sua equipe se mantenham atualizados.

Como criar seu próprio modelo de fluxograma

Fazer um fluxograma em Miro é mais fácil do que você pensa. Comece selecionando o modelo de fluxograma neste artigo e siga os 6 passos abaixo:

  1. Decida qual processo sua equipe deseja documentar ou ilustrar. É algo que parece totalmente claro, mas você nem sempre sabe qual processo você realmente quer analisar. Pode ser um grande processo ou um subprocesso do processo principal. Se é a primeira vez que você está fazendo um fluxograma, recomendamos que você comece com um simples subprocesso para ganhar confiança e crescer à medida que você vai fazendo novos tipos de fluxogramas. Você pode sempre usar nosso modelo de fluxograma ou criar o seu próprio a partir do template que fornecemos. 

  2. Liste as etapas a serem concluídas para executar o processo. Uma vez reunidas todas as pessoas envolvidas no desenvolvimento, você deve listar todas as etapas de cada processo. É essencial que as pessoas envolvidas nesses processos estejam presentes no desenvolvimento porque ninguém sabe melhor do que elas como o processo é feito. Um erro muito comum é omitir alguém que faz parte de um processo, mas, por alguma razão, não parece ser importante e não é convidado para a reunião. Há muitos casos conhecidos onde isto aconteceu e então o gerente, que aparentemente tinha uma ideia clara do processo, fica surpreso com o processo real. Todos em uma organização são importantes, não se esqueça disso.

  3. Desenhe os símbolos e rotulá-los de acordo com as etapas que eles representam. Em um fluxograma, o mais importante são os símbolos, mas não se preocupe, você não precisa criá-los do 0, eles já estão em nosso modelo de fluxograma por padrão. Você já deve conhecer todos os processos como resultado do ponto anterior, então agora você tem que trazê-los para a diretoria de forma ordenada para começar com um primeiro esboço do fluxograma. O mais importante neste ponto é ficar claro onde o processo começa e onde ele termina. 

  4. Desenhe setas para ligar as etapas. Ligue todos os elementos do processo com flechas para saber o que está acontecendo a todo momento e para saber como ele é executado ou o que precisa ser feito.  Talvez entre dois processos você tenha que tomar uma decisão, então isto tem que ser refletido e ligado com flechas, ou você tem que fazer um plano alternativo com antecedência para que se um erro surgir você saiba como reagir. Tudo tem que estar claro a partir deste ponto, então pode ser modificado, mas digamos que neste ponto seu fluxograma já deve estar 80% pronto. 

  5. Analise o resultado com as partes interessadas e, se necessário, aprimorar. Mesmo que você o tenha desenvolvido com todos os envolvidos, eles podem não ter tido seu melhor dia ou a reunião tenha decorrido mais tempo do que o esperado, portanto, reúnam-se e revisem juntos o fluxograma para ver se você perdeu algo importante ou se algo importante precisa ser mudado. Por exemplo, se o criador do fluxograma for um gerente, talvez seja uma boa ideia reunir toda a equipe novamente neste processo, se você ainda não o fez, para verificar se tudo está bem e para continuar no caminho do sucesso.

  6. Torne seu fluxograma mais claro e atraente. O modelo de fluxograma da Miro ajuda você a fazer isso, sim, mas a plataforma também oferece mais vantagens para que seu fluxograma se destaque do resto. Como? Você pode adicionar emojis, post its, molduras especiais... O quadro branco da Miro oferece infinitas possibilidades de colaboração, aproveite-as!

Mais tipos e modelos de fluxogramas:

Na Miro, temos uma extensa coleção de modelos de fluxogramas: 

Diagrama de fluxo de processo: Provavelmente o mais utilizado. Como o nome sugere, ele mostra um processo passo a passo. Sua equipe pode usar um diagrama de fluxo de processo para mapear funções e responsabilidades dentro de uma organização, desenvolver uma proposta para um processo ou ilustrar um fluxo de trabalho complexo.

Diagrama de fluxo de trabalho: Ajuda a entender como funciona sua empresa, especificamente como os dados e documentos se movimentam através de sua organização. Você pode usar diagramas de fluxo de trabalho para acelerar o trabalho de novos funcionários, descobrir gargalos e ineficiências, e explicar operações comerciais.

Diagrama de fluxograma swimlane: mostra vários fluxos de informações em paralelo. A maioria das pessoas usa esses tipos de fluxogramas para ilustrar processos que se cruzam ou interagem com diferentes partes de uma organização ou para ilustrar processos colaborativos.

Diagrama de fluxo de dados: Estes são destinados a mostrar como os dados são processados. Eles têm várias aplicações: os engenheiros usam diagramas de fluxo de dados para projetar ou analisar sistemas, enquanto a equipe comercial os utilizam para entender o comportamento do consumidor.

Perguntas Frequentes sobre esse Modelo de Fluxograma

Quais são os 4 principais tipos de fluxograma?

Estes são os 4 principais tipos de fluxogramas: fluxograma de processo, fluxograma de fluxo de trabalho, fluxograma de swimlane e fluxograma de dados. Como seus nomes mostram, cada um destes exemplos de fluxogramas serve a um propósito diferente. O fluxograma de processo ajuda a ilustrar fluxos de trabalho complexos; da mesma forma, o fluxograma de fluxo de trabalho permite que as equipes compreendam melhor seus processos. O fluxograma de swimlane se divide em subprocessos e os fluxogramas de dados representam o fluxo de informações.

Modelos Relacionados
Swimlane Diagram Thumbnail
Visualizar

Modelo de Diagrama Swimlane

Ideal para:

Fluxogramas, Diagramas, Workflows

Quando os processos começam a ficar confusos, é uma boa ideia dar um passo atrás e visualizar quem faz o quê, e quando. Um Diagrama Swimlane, conhecido também como diagrama de raias, traz esse lugar físico familiar e cotidiano (uma piscina com raias) e transforma a ideia de “raias” em uma metáfora para organizar os processos de um time, grupo de trabalho, departamento ou organização com vários níveis. Esta representação visual assimilável e completa usa a metáfora de raias em uma piscina para esclarecer um processo complexo. Use um diagrama swimlane para esclarecer funções antes de um projeto importante, para deixar um novo funcionário a par, atualizar sua estrutura organizacional, e muito mais.

Modelo de Diagrama Swimlane
production-workflow-thumb-web
Visualizar

Modelo de Fluxo de Trabalho

Ideal para:

Workflows Ágeis, Metodologia Ágil, Gerenciamento de Projetos

Quer esteja produzindo um podcast, uma campanha de marketing, um programa de TV, ou qualquer conteúdo, estabelecer um fluxo de trabalho é crucial. Um fluxo de trabalho cria um guia visual para as diferentes etapas de um processo. Ele pode ser usado para treinar novos membros do time, ou oferecer uma visão geral de alto nível para as partes interessadas. Embora os fluxos de trabalho variem de acordo com o time ou a empresa, eles geralmente contêm informações sobre quem são as partes interessadas, como você faz o brainstorming de ideias, qual é o seu cronograma, e quais recursos você precisa para ter sucesso.

Modelo de Fluxo de Trabalho
project-proposal-thumb-web
Visualizar

Modelo de Proposta de Projeto

Ideal para:

Gerenciamento de Projetos, Documentação, Planejamento de Projetos

Para qualquer tipo de projeto, o modelo de Proposta de Projeto pode ser um passo crucial para esclarecer o contexto, as metas e o escopo de um projeto para obter a adesão dos stakeholders. Uma proposta de projeto descreve o que você deseja realizar, seus objetivos e como você planeja alcançá-los. Geralmente, uma proposta de projeto dá ao leitor um contexto no projeto, explica por que é importante e lista as ações que você tomará para concluí-lo. As propostas de projeto têm inúmeros usos. Muitas vezes, as empresas usam propostas de projeto para obter a adesão externa de um doador ou stakeholder externo. No entanto, muitas empresas também elaboram propostas de projeto para a adesão interna.

Modelo de Proposta de Projeto
CustomerJourneyMap-thumb-web
Visualizar

Template de Mapa da Jornada do Cliente

Um mapa da jornada do cliente é uma representação visual da experiência do consumidor com a sua empresa. Ele permite que você compreenda o caminho que um cliente percorre quando compra um produto, assina um serviço, interage com seu site ou outros canais de contato da empresa. A maioria dos mapas inclui uma persona específica, descreve sua experiência como cliente do início ao fim da jornada e capta os pontos positivos e negativos que ocorrem quando há a interação entre o consumidor e o produto ou serviço Use este template para facilitar a criação de mapas da jornada do cliente, para todos os tipos de projetos.

Template de Mapa da Jornada do Cliente
Venn Diagram Thumbnail
Visualizar

Modelo de Diagrama de Venn

Ideal para:

Educação, Diagramas, Brainstorming

O diagrama de Venn tem sido um elemento básico de reuniões e apresentações empresariais desde os anos 1800, e há uma boa razão para isso. Os diagramas de Venn são uma maneira clara e eficaz de apresentar, visualmente, as relações entre diferentes conjuntos de dados. Eles funcionam como um recurso visual muito útil para sessões de brainstorming, reuniões e apresentações. Para criar um diagrama de Venn, comece desenhando um círculo, ele será a representação visual de um conceito "A" e, em seguida, desenhe um círculo sobreposto que representa o conceito "B". No espaço onde os círculos se sobrepõem, é possível descrever quais são as semelhanças entre eles. No espaço onde eles não se sobrepõem, você pode anotar suas diferenças.

Modelo de Diagrama de Venn
Whats on your Radar Thumbnail
Visualizar

Modelo de Estrutura "What's on your radar" (Radar)

Ideal para:

Business Management, Operations, Strategic Planning

Você ou seu time se sentem sobrecarregados por tarefas? Estão com dificuldade de se concentrar em problemas específicos? Um framework no formato de Radar é um exercício de pensamento no qual você organiza ideias de acordo com sua importância ou relevância. Designers usam esse template para garantir que suas ideias estejam dentro do escopo de um determinado projeto. Eles também usam o método para avaliar se uma determinada solução, de fato, pode resolver o problema em questão. Mesmo que você não seja um designer, o modelo pode ajudar a atribuir prioridades e fundamentar suas ideias.

Modelo de Estrutura "What's on your radar" (Radar)