RAID Log

Modelo de Log de RAID

Identifique os riscos, suposições, problemas e dependências associadas a um projeto usando nosso modelo de log de RAID.

Trusted by 65M+ users and leading companies

walt disney
asos
contentful
ubisoft
pepsico
macys
whirlpool
hanes
yamaha
docusign
liberty mutual
wp engine
accenture
bumble
delloite
hewlett packard
total
dropbox
walt disney
asos
contentful
ubisoft
pepsico
macys
whirlpool
hanes
yamaha
docusign
walt disney
asos
contentful
ubisoft
pepsico
macys
whirlpool
hanes
yamaha
docusign
liberty mutual
wp engine
accenture
bumble
delloite
hewlett packard
total
dropbox
walt disney
asos
contentful
ubisoft
pepsico
macys
whirlpool
hanes
yamaha
docusign

Sobre o modelo de log de RAID

O que significa RAID?

RAID é uma sigla em inglês que significa Riscos, Suposições, Problemas e Dependências (risks, assumptions, issues e dependencies). Alguns gerentes de projetos interpretam a sigla como Riscos, Ações, Problemas e Decisões.

Conheça todas as funcionalidades da Miro como ferramenta de gestão de riscos.

O que é um log de RAID?

Um log de RAID é uma ferramenta que permite aos gerentes de projetos fazer um acompanhamento de riscos, ações, problemas e decisões. O modelo de log de RAID ajuda você a organizar as informações para que seja mais fácil consultá-las durante as reuniões e auditorias de projetos.

Como todos os gerentes de projetos bem sabem, até mesmo os planos melhor elaborados podem dar errado. Mas quando você está conciliando vários projetos ao mesmo tempo que devem ser executados em prazos apertados, os obstáculos podem se tornar mais caros e complicados. Resolver problemas em tempo real, enquanto continua progredindo é uma meta necessária e desafiadora.

Ao definir o escopo de um projeto, muitos gerentes de projetos gostam de montar uma lista de todos os possíveis riscos. Ao montar esta lista, você pode fazer planos de contingência, desenvolver os piores cenários possíveis e garantir que tenha os recursos para atender a eventuais desafios. No entanto, não basta apenas listar os riscos. Você precisa ter um sistema que possibilite monitorar e acompanhar os riscos à medida que eles surgem. É aí que o log de RAID entra em cena.

Como montar um log de RAID?

Este modelo é configurado como um quadrado com quatro quadrantes: riscos, suposições, problemas e dependências. Preencha o log no início de cada projeto.

Riscos: insira cada risco e a possibilidade de que ele possa ocorrer. Em seguida, liste as medidas que você tomará se isso acontecer.

Suposições/Ações: escreva as suposições que você fez durante o projeto ou as ações que você realizou (ou pretende realizar) para mitigar esses riscos. Anote a data em que foram concluídos.

Problemas: identifique cada problema que surgiu no decorrer do projeto. Anote o seu plano para lidar com cada problema e designe os stakeholders.

Decisões: liste as decisões que devem ser tomadas antes do término do projeto.

Quem deve usar um log de RAID?

Assim que um log de RAID é criado, todos os membros de um projeto podem participar para contribuir com suas perspectivas. O log de RAID também é uma ferramenta útil para compartilhar atualizações de status com os stakeholders e promover o alinhamento do time conforme o projeto avança. 

Quais são os benefícios de manter um log de RAID?

Organizar e criar estratégias: usar o modelo de log de RAID obriga você a manter um registro detalhado do seu projeto e pensar estrategicamente em cada etapa. Em vez de tentar resolver problemas agora e criar a documentação mais tarde, a resolução de problemas e a documentação estão inexoravelmente vinculadas neste método.

Economizar tempo: os gerentes de projetos estão sempre ocupados. Os logs de RAID ajudam a economizar tempo e promover a eficiência durante todo o projeto. Eles permitem que se comuniquem com os stakeholders sem ter que convocar outra reunião ou marcar outro one-on-one.

Medir o sucesso: um log de RAID permite medir seu sucesso em tempo real. Você está cumprindo suas metas? Cumprindo os prazos com antecedência? Como todos os riscos são anotados no modelo e cada risco é atribuído a um stakeholder, os gerentes podem manter um controle mais rígido sobre o projeto.

Perguntas frequentes sobre o log de RAID

Um log RAID é a mesma que a log de riscos e problemas?

Um log RAID e um registro de problemas são similares. Ambos analisam riscos e problemas, mas a principal diferença é que um log RAID é mais profundo. Ao contrário de um registro (log) de problemas, uma análise RAID também pode rever dependências, decisões, ações e suposições, dependendo de quais informações você rastreia.

When should you use a RAID log template?

A RAID log template should initially be filled in during the project planning phase to identify potential risks and make contingency plans. It can also be used throughout the project to monitor and track risks, solve problems in real-time, and maintain tighter control over the project.

What’s the difference between a RAID log and a risk register?

A RAID Log Template helps project managers identify potential risks during the project planning phase. It allows you to plan, manage, and structure your project scope, giving you an oversight of potential risks and how to mitigate them. A risk register, on the other hand, is a document that provides a detailed summary of all the risks associated with a project. It typically includes information such as the likelihood and impact of each risk and any measures being taken to mitigate them. While a RAID log focuses on Risks, Assumptions, Issues, and Dependencies, a risk register focuses solely on risks.

Modelo de Log de RAID

Comece com esse modelo agora mesmo.

Modelos Relacionados
Simple Project Thumbnail
Visualizar
Modelo para Plano de Projeto Simples
Product Roadmap Basic-thumb-web
Visualizar
Template para Roadmap de Produto
Strategic Diamond Thumbnail
Visualizar
Modelo de framework para Estratégia Diamante
voice-of-the-customer-thumb-web
Visualizar
Modelo para Análise de Voz do Cliente (VoC - Voice of Customer)
milestone-chart-thumb-web
Visualizar
Modelo para Gráfico de Marcos do Projeto
Bang for the Buck-web
Visualizar
Modelo para Análise de custo-benefício